sábado, 4 de julho de 2009

Palco das Artes X: Christian Voltz

Retomamos o Palco das Artes, o décimo, desta vez com um trabalho sobre sobre o escritor, ilustrador, escultor e cineasta, Christian Voltz, nascido em Estrasburgo, em 1967.
Voltz foi designer de capas e ilustrador tendo também colaborado em publicações direccionadas para o público juvenil. É autor de várias obras ilustradas que saíram em editoras como a Rouergue, entre 1997 e 2000. Publicou ainda na Didier e na Grandor, ambas empresas francesas dedicadas à publicação de livros infantis.

Christian Voltz gosta do conceito de construção e desconstrução e a partir de uma estrutura repetitiva apoia-se em frases simples e recursos visuais acessíveis aos primeiros leitores, apresentando histórias divertidas que abordam temas delicados como a Morte, no livro A carícia da borboleta, já editado em Portugal, ou o complicado e misterioso processo do crescimento, pessoal e generalizado, em Onde está?, editado no nosso país pela Kalandraka.

Fiel ao seu estilo, à base de elementos recicláveis, Voltz ensina facilmente a ver para além da aparência. Porque… o que será que se esconde por trás de uma série de objectos sem valor? Aparentemente, nada… Porém, se observarmos atentamente, intuímos que, pouco a pouco, à medida que se vão colocando esses elementos, surge mais do que uma personagem. Um por um, os objectos ordenam-se para formarem a cabeça, o cabelo, o corpo… Mas, atenção! Basta um simples tropeção para que a história volte ao início… Sob a forma de uma lengalenga infantil, Voltz aborda de forma lúdica a construção do ser humano a grandes traços, bem como a fragilidade de cada ser. Continua a trabalhar em Estrasburgo e é também director de curtas metragens de animação.

Em Voltz nota-se uma grande influência do mestre Tim Burton, autor, entre outros do filme A Noiva Cadáver, ou do livro A Morte Melancólica do Rapaz Ostra & outras Histórias, também referidos nesta abordagem.
De realçar ainda uma jovem autora e ilustradora argentina, Gabriela Burin, nascida em 1983, que desde 2004 escreve e ilustra historias para crianças e não só. Sente-se no seu trabalho o predomínio da arte desconstrutiva dos autores citados e a pitada de mistério na construção das personagens e das histórias.
A destacar o seu ultimo livro El Incêndio, que ilustrou, com textos de Maria Teresa Andrueto e que recebeu uma menção de A.L.I.J.A, (Associação de Literatura Infantil e Juvenil de Argentina), em 2009, na categoria de álbum. Infelizmente os livros de Gabriela Burin ainda não se encontram em Portugal.
Para aceder ao trabalho clique aqui.

Para saber mais sobre Christian Voltz clique aqui.
Para saber tudo sobre Tim Burton clique aqui.
Para descobrir Gabriela Burin clique aqui.

Isabel Costa

1 comentário:

Sra. Silva disse...

Obrigada por terem escrito sobre um dos meus autores e ilustradores preferidos da literatura para a infância (Christian Voltz) e por me darem a oportunidade de conhecer o trabalho de Gabriela Burin.
Vale sempre a pena visitar o vosso blog.
Bem hajam!