sábado, 12 de dezembro de 2009

Shel Silverstein

Artista ímpar e multifacetado, Shel Silverstein foi ilustrador, escritor, poeta, dramaturgo, cantor e letrista. No entanto serão os seus livros infantis que o tornarão internacionalmente conhecido como um dos autores para crianças mais populares e valorizados de todos os tempos.

Nascido em Chicago a 25 de Setembro de 1930, Silverstein publicou as suas primeiras histórias no jornal militar Pacific and Stripes. Em 1961, estreou-se com o livro Uncle Shelby`s ABZ Book.

Ainda nos anos 60 do século XX, Silverstein foi apresentado à lendária Ursula Nordstrom, editora da Harper Collins. Desta ligação resultou a publicação dos seus dois primeiros livros infantis Lafcadio, the lion that shot back (1963) e The giving tree (1964), traduzido para português em 2008 pela editora Bruaá. Este último título teve inicialmente vendas bastante modestas, mas rapidamente a parábola sobre um menino e uma árvore se tornou uma referência para leitores de todas as idades.
Seguiram-se as colectâneas de poemas Where the Sidewalk Ends (1974), A Light in the Attic (1981) e Falling Up (1996). Em 1984, Silverstein recebeu um Grammy Award for Best Children's Album com o livro Where the Sidewalk Ends.

Embora as suas histórias façam parte dos catálogos infantis, Silverstein é um desses poucos autores que se pode afirmar serem, efectivamente, para todas as idades. Dono de um traço preciso, ele mostra com o desenho a sua visão do mundo: com extremamente pouco, dizer quase tudo. Até à sua morte em Maio de 1999, continuou a criar peças de teatro, canções, poemas, histórias, ilustrações e acima de tudo, como ele próprio disse, “ a divertir-se”.





Pode aceder ao site oficial de Shel Silverstein clicando aqui e ao canal do Youtube clicando aqui.
Para conhecer a tradução portuguesa de The giving tree, clique aqui.

Sem comentários: