segunda-feira, 16 de maio de 2011

Formação: “ENCONTOS E ENCONTROS”

No ano de 2005 o Cancioneiro em conjunto com o Instituto Piaget organizou um Workshop de “Contadores de Histórias”. O sucesso foi grande e registámos vários pedidos de uma nova edição. Tendo em conta toda a conjuntura económica que atravessamos e pensando que continua a ser um tema pertinente e requisitado pela população em geral, gostaríamos de apresentar esta pequena formação baseada nos temas do conto tradicional e da leitura.

Um contador forma-se com o exemplo, a escuta, os valores da partilha, do respeito. As palavras que escolhemos para serem ouvidas chegam-nos através de três pessoas que têm um longo percurso com os contos. A partilha das suas práticas irá engrandecer a nossa prática.

Convidámos Maria Teresa Meireles, investigadora na área dos contos tradicionais que fará uma formação de três horas subordinada ao tema: “Conto, Contadores e Imaginário Tradicional”.

Convidámos Mafalda Milhões, livreira (Livraria Histórias com Bicho – Óbidos), contadora, mediadora de leitura, que fará uma formação subordinada ao tema: “Intimidades na leitura”. Como livreira a Mafalda irá trazer-nos alguns livros para venda. Todos eles são livros teóricos ligados ao tema da leitura, dos contos, de autores presentes na formação (Maria Teresa Meireles e Nicolás Buenaventura Vidal).

Em conjunto com a Escola Ensino Básico Vale do Rosal organizámos a vinda de um contador colombiano-francês – Nicolás Buenaventura Vidal. Integraremos o espectáculo do Nicolás na formação e optámos também por abri-lo ao público em geral, a um preço simbólico de 5€.

NICOLÁS BUENAVENTURA VIDAL

Licenciado em Arte Dramática pela Universidad del Valle, Colômbia, Nicolás Buenaventura Vidal provém de uma família de artistas de várias gerações, sendo filho do escritor e encenador Enrique Buenaventura. Realizador de cinema, guionista e contador de histórias, Nicolás tem visto, desde 1989, a sua obra ser distinguida com vários prémios na Colômbia e na Europa. É autor dos livros “Cuando el hombre es su palabra (1996)”, “Mitos de creación op. 7 sonata en catorce movimientos (1998)”, “Amaranta porqué (1998)”, “A contracuento (1999)” e “Cuando el hombre ES su palabra e otros cuentos (2002)”.Nicolás Buenaventura Vidal já contou histórias nos cinco continentes, perante audiências de todas as idades. É um contador de renome, que dedica a sua vida a contar em vários países, em prisões, favelas, teatros, que também faz cinema por todas as partes do planeta. Com dois livros editados

28 de Maio (Campus universitário de Almada):

10-13h – Maria Teresa Meireles "Conto, Contadores e Imaginário Tradicional"

15-18h – Mafalda Milhões "Intimidades na leitura"

9 de Junho (Campus universitário de Almada) - espectáculo aberto ao público (5€)

19-20.30h narração de contos com Nicolás Buenaventura Vidal

Inscrições:

30€ - público geral

15€ - alunos do Instituto Piaget, funcionários do Instituto Piaget e Nuclisol, monitores AEC e CAF contratados pelo Instituto Piaget

5€ - espectáculo de Nicolás Buenaventura Vidal

Local:
Instituto Piaget – Campus Universitário de Almada

Informações:
(21 294 62 63)
cancioneiro@almada.ipiaget.org
ritalourencoalves@hotmail.com

2 comentários:

kiduchinha disse...

Boa noite! É a primeira vez que consulto este blog. Ainda bem que existe! Sabem dizer-me se existem livros infantis sobre a temática do turismo em Portugal, sobre terras, cidades, aldeias... ? Agradeço se me puderem responder.
Sónia Oliveira

livro infantil disse...

Olá,
Continuamos em investigação, mas para já podemos recomendar a colecção "Um saltinho", da Oficina do Livro, de Isabel Zambujal e ilustração de João Fazenda. Há, pelo menos, o de Lisboa e do Porto, além de outras cidaddes estrangeiras. Boas leituras!