segunda-feira, 26 de outubro de 2009

“O sentido da vida” e “O amor e a amizade”

Mais doze questões filosóficas, em cada um destes dois novos títulos traduzidos pela Edicare para Português. Primeiro deliciaram-nos em 2008 com “O livro dos grandes opostos filosóficos” do autor Óscar Brenifier, ilustrado por Jacques Després, e quando consideramos difícil superar uma grande obra, eis que nos apresentam duas “O sentido da vida” e “O amor e a amizade”, sem nos desapontar.

Trazendo questões sobre a felicidade, a auto-realização, as relações com os outros, a propriedade, e tantas outras sobre a vida, explorando o amor entre pais e filhos, entre os amantes, as complexas relações entre irmãos e irmãs, a amizade, a paixão, a auto-estima e outros temas essenciais, nenhum dos livros dá resposta, pois não há uma resposta para as grandes questões da vida. Não há uma maneira de pensar. Há sim que nos pôr a pensar, assim como às nossas crianças. E estes livros fazem-no com mestria.
Sobre o escritor Oscar Brenifier:
Doutorado em Filosofia e formador, trabalhou em muitos países para promover ateliers de Filosofia para adultos e a prática filosófica para crianças.
Já publicou, para adolescentes, a colecção “L’apprenti-philosophe” (Nathan) e a obra "Questions de philo entre ados" (Le Seuil); para as crianças a colecção “PhiloZenfants” (Nathan), traduzida em várias línguas, e “Les petits albums de philosophie” (Autrement), assim como manuais para professores, "Enseigner par le débat" (CRDP) e "La pratique de la philosophie à l’école primaire" (Sedrap). É o autor do relatório sobre "A Filosofia Não Académica no Mundo", financiado pela UNESCO.

Sobre o Ilustrador Jacques Després:
Devia ter sido joalheiro, como ditava a tradição familiar, mas ingressou clandestinamente nas Belas-Artes. No início dos anos 90, ainda na qualidade de “clandestino”, Jacques decidiu abandonar as artes reconhecidas e aventurou-se no novo meio, então balbuciante, das imagens virtuais. Esta disciplina afirmou-se rapidamente como um dos campos de investigação mais extraordinários na produção de imagem. Ao longo dos anos foi levado a trabalhar em domínios tão variados como a animação, o jogo ou a cenografia. "O Livro dos Grandes Opostos Filosóficos" foi o primeiro que ilustrou, coroando anos de reflexão sobre o espaço, o corpo e a luz.

Para aceder ao site do escritor Oscar Brenifier clique aqui.
Para aceder ao site do ilustrador Jacques Després clique aqui.
Para o site da editora Edicare siga esta ligação, e para o da Nathan clique aqui.

Sandra Simões

Sem comentários: