terça-feira, 3 de novembro de 2009

Herbário

"É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras."

Um herbário é uma colecção de espécies vegetais construída com um enorme cuidado e a atenção que a fragilidade das folhas e flores requer. Este livro abraça a Natureza e a ela dedica poemas, enaltecendo as suas formas insólitas, a estranha nomenclatura e a beleza da convivência harmoniosa com a nossa flora. Com humor, Jorge Sousa Braga promove o gosto e a observação particular das espécies com que lidamos diariamente e das quais não retiraríamos, sem esta preciosa ajuda, um sentido literário.

As ilustrações de Cristina Valadas enquadram cada sentido em linhas ténues, delicadas e frágeis, imersas em manchas singularmente coloridas – tal como os objectos coligidos num herbário – e acompanham na perfeição as palavras do escritor.

É sempre motivo de orgulho saber que este livro conta já com uma 4ª edição, datada de Setembro deste ano. Os nossos parabéns aos autores e à editora Assírio & Alvim por continuarem a oferecer-nos a oportunidade de aceder a tão bons livros.

Jorge Sousa Braga nasceu em 1957, em Vila Verde, e é médico obstetra no Porto. Os seus cinco primeiros livros de poesia, publicados nos anos oitenta, encontram-se reunidos em O Poeta Nu (1991). É também notável tradutor, tendo vertido para português poemas de Jorge Luís Borges, Matsuo Bashô, Li Po e Apollinaire.

Sobre Cristina Valadas já aqui nos referimos a propósito da sua participação na Feira de Bolonha no conjunto dos ilustradores seleccionados de 2009.

Helena Gonçalves

Sem comentários: